Sunday, May 28, 2006

Portugal acabou de ser eliminado do Europeu de esperanças. Realizado em solo nacional as espectativas eram elevadas, e a qualidade técnica de jogadores como Ricardo Quaresma, João Moutinho ou Manuel Fernandos inegável. Porém, o destino trocou-nos as voltas e Portugal e a Alemanha duas selecções talentosas acabaram por perder para uma equipa servia sem classe, a excepção do seu brilhante guarda-redes. Acabamos perder este europeu, num intragavel jogo contra a Servia-Montenegro, em que podiamos e deviamos ter feito muito mais.
È de salientar também o facto do guardião germânico ter sido poupado a dois...vermelhos. O primeiro por clara grande penalidade não assinalada sobre Lourenço, o outro por uma agressão à frente de toda a gente a Quaresma.
Aqueles que dizem que Scolari teve razão em não levar Quaresma ao mundial, não se esqueçam que este menino jogou sempre sob pressão dos colegas e da opinião pública em quanto nos 23 dos AA seria só mais um. A França, essa fez o que quis das restantes selecções e demontrou que tem uma geração digna da de Platini e Tigana ou de Zidane e Dechamps: Mavuba, Toulalan, Briand, Berthod ou Sinama-Pongolle são jogaderes soberbos.

Tenho muita pena que o Manuel Fernandes, o João Moutinho, o Ricardo Quaresma, o Schultz, o Kiessling ou Voltz fiquem de fora das meias finais porque são todos grandes promessas.



P.S Aquele Michael Reasing tem tudo para ser o substituto do Kahn no Bayern e na selecção até o mau humor herdou...

Thursday, May 25, 2006

Bem vindo!


Saíu há 12 anos para Itália onde fez uma carreira brilhante, hoje com 34 anos, volta a casa para envergar a mitica camisa 10 , a mesma de zidane, pelé,platini ou ronaldinho. O maestro da selecção nacional, da fiorentina e do milan, é novamente jogador do Benfica...Ao menos isso, para iluminar as minhas esperanças em relação a um futuro próximo...
Não falemos de coisas tristes em data tão alegre, o sonho de ter Rui nas nossas fileiras concretizou-se, agora só temos que voltar a sonhar com a glória!

"Nelle giocate di Kakà, caro Rui, vivrà sempre qualcosa di te." in www.acmilan.com

Mais informação sobre a sua brilhante carreira em //pt.wikipedia.org/wiki/Rui_Costa

Labels: ,

Wednesday, May 24, 2006

Uma referência,este homem! Parte V ...


e um anormal, também.
Este sujeito é, claramente, uma besta.
Desculpa-se com o Scolari, arranja conflitos dentro da selecção, não consegue ganhar à França com uma equipa francamente boa...
Aliás, o Scolari, em sendo treinador dos sub-21, ganhava o campeonato! Digo eu...

E para quem dizia que o Quaresma devia ter ido ao Mundial, pelo amor de Deus! Esse insulta-lampiões não joga nada! É burro como uma porta, só sabe fintar e, apesar de ter bastante jeito, ainda não percebeu como é que o há de usar.

Falando de talentos da casa (Académica), o Zé Castro não tem andado a jogar grande coisa.

Sunday, May 21, 2006

Austera,apagada e vil tristeza...

Duro, demasiado duro, foi o golpe que a direcção benfiquista deu a grande parte dos adeptos do glorioso. Mais do que uma desilusão. Sven Goran Erisksson era o nome mais esperado, mas o Benfica acabou por contratar, um treinador sem o curriculum que José Veiga havia prometido."Um treinador ganhador" diziam eles!Um treinador que seja capaz de levar o benfica a vencer todas a competições. Prometeram mundos e fundos, uma equipa capaz, um treinador excelente, e o que nos é apresentado?Um embuste, um embuste de dimensões gigantescas, como aquele, que dizia que o Peseiro era um grande treinador. Há quem confie no trabalho de Fernando Santos, um verdadeiro benfiquista, um homem de fé, um gajo porreiro...Eu não!Em 16 anos de carreira,limitou-se a ganhar uma taça da Grécia e um campeonato...com o futebol clube do porto!
O meu orgulho benfiquista, está, inequivocamente ferido, por esta traição atroz do senhor veiga e do senhor vieira, uma traição que pode ter consequências imesuraveis para o nosso clube. Um projecto sólido de 3 anos foi de um momento para o outro destruído, os meus sonhos apagados. Sinceramente não confio minimamente numa boa época, 2006-2007, do Sport Lisboa e Benfica!

Wednesday, May 17, 2006

Saint Dennis




Paris, 17 de Maio de 2005, no Stade France jogou-se a aguardada final da liga dos campeões. Arsenal e Barcelona, claramente as duas melhores equipas desta edição defrontaram-se sobre um clima de optimismo e esperança de um bom espétaculo. De um lado, um barça supermotivado pela maravilhosa época que deslumbrou a europa do outro o Arsenal de Wenger que com um pragmatismo e simplicidade foi superando Real Madrid, Juventus e Villareal.
Os holofotes estavam todos virados para Ronaldinho Gaucho, considerado pela generalidade da opinião mundial como o melhor jogador do mundo, porém, Thierry Henry, Freddie Ljunberg, e Samuel Etoo é que foram as estrelas da noites. Os dois primeiros, praticamente sozinhos na frente depois da expulsão do guardião Lehman quase que iriam matando o jogo para os "gunners". Mas não mataram, e por isso, Etoo e Belleti em duas belissimas jogadas deram a vitória ao clube catalão, que na minha opinião é um vencedor mais que justo desta edição da liga dos campeões.
P.s Ficou mais que provado que este ano, ronaldinho tem que trabalhar para não perder o estatuto de prémio Fifa. È caso para dizer que Henry esta ali para as curvas!

Tuesday, May 16, 2006

Uma referência,este homem!Parte IV


"Quem está, está, quem não está, não está..."
Prespicaz este homem não acham?Faz-me lembrar alguém.....
Não é muito diferente pois não?

Labels:

Monday, May 15, 2006

Os 23 da discórdia!

Já está, já foram anunciados os 23 jogadores que irão representar Portugal no mundial da Alemanha e Scolari provou que das duas uma: ou é incompetente ou é parvo e gosta de brincar com todos os portugueses.

Nunca fui apoiante do actual técnico nacional mas foi me convencendo até ao dia 4 de Julho de 2004, quando Portugal perdeu escandalosamente contra a Grécia. Nesse jogo, não me restaram dúvidas quanto as capacidades do seleccionador. Se bem que fez um bom europeu, Portugal não mostrou soluções para derrotar os helénicos e demonstrou uma total descoordenação no campo sem conseguir construir uma jogada com principio meio e fim. Mais do que isso não foi capaz de arriscar lucidamente, não foi capaz de tirar Ronaldo, (o craque luso chegou a chorar ainda o jogo não tinha terminado). Em suma, um rol de falhas técnicas impossibilitou Portugal passar do “quase campeão”. Porquê duas derrotas com uma equipa que não se compara com a nossa? Porquê é que Scolari subestimou o adversário e nem sequer foi ver a meia-final entre Grécia e rep. Checa. Mais, Portugal demonstrou uma incrível falta de trabalho de casa, sem jogadas estudadas, sem trabalho defensivo eficaz, os “kinas” (que invenção tão bonita) limitava-se a confiar no talento dos jogadores, na união do povo, que tão bem exaltou o patriotismo que há muito que não era visto, e na nossa senhora do Caravaggio, santa que o nosso bom seleccionador já teria encomendado a vitória na final da luz.Lindo!




Como diz o povo, “não vale a pena chorar sobre leite derramado” por isso falo do presente da nossa equipa A. Durante os últimos 2 anos foram chamados pouco mais de 20 jogadores, e variadíssimos que fizeram boas prestações nos seus clubes nem sequer uma mísera oportunidade tiveram desse omnisciente senhor, Luiz Felipe, de seu nome Scolari. Pedro Mendes, Tonel, Pedro Emanuel, Ricardo Rocha, João Tomás, Derlei,(a sportv não passa jogos da rússia e se o homem nem para ir ao Restelo se levanta…) para não falar de Vítor Baia foram completamente esquecidos pelo homem forte, pelo menos é assim que gosta de ser conhecido, do futebol de Portugal.
Seguindo a lógica do sapientíssimo Gilberto Madaíl, o nosso querido presidente da FPF, “ Scolari é o patrão na selecção e o resto são operadores”, o canarinho seria à partida aquele homem que teria como função não só orientar a equipa principal mas como coordenar todo o futebol português. Não sei mas acho que todos nós temos a ideia de ver “Felipão” nos estádios a observar jogadores ou então em acções de formação, ensinando treinadores mais inexperientes.
Para além de cumprir as suas funções à risca, Scolari, têm a maravilhosa capacidade de conseguir alguns escaparates, criando “guerrinhas” pessoais que nada contribuiem para a selecção . Relembremos só o caso “Baía” em que abre uma polémica desnecessária com o futebol clube do Porto ao convocar Bruno Vale quando os dois primeiros guarda-redes do clube do jovem jogador são portugueses, ou, então, mais recentemente as picardias com Agostinho Oliveira, para mim um homem sério e obreiro de uma verdadeira revolução no país de Eusébio, em que se afirmava dono e senhor da equipa sub-21. Ridículo, desculpe lá senhor Scolari mas não consigo deixar de me rir, com tanta parvoíce que nos tem brindado nesta sua passagem por terras de Viriato e D. Afonso Henriques.


Por fim, falarei, dessa famosa, e ridícula convocatória que apresentou à coisa de 2 horas, por amor de deus(já que é um homem católico) Ricardo Costa suplente no porto, Maniche época em que conseguiu uma bolita ao poste e uns quantos cartões, Hugo Viana bom jogador mas sem lugar nesta equipa, Bruno Vale guardião de 23 anos do…Estrela da Amadora, e por fim, Costinha um jogador que se encontra sem clube, com tanta convocatória inconcebível é impossível algum português se sinta satisfeito com as escolhas do Brasileiro. Não eu como cidadão, sinto-me ultrajado, com tamanha afronta ao desporto Nacional, ficaram nomes como Quaresma, Moutinho, Manuel Fernandes, Tonel, Ricardo Rocha, Carlos Fernandes, Paulo Santos, Pedro Mendes, ou João Tomás qualquer um destes teria lugar neste grupo à frente dos jogadores atrás mencionados. Estes homens, mais do que nós devem sentir-se indignados com a falta de integridade do seu “chefe” mas sem dúvida de consciência mais tranquila do que muita gente para os lados da Federação.




Este post poder-se-ia chamar “manifesto anti-scolari”. Mas não, hoje apenas escrevo representando todas as vozes críticas ao trabalho que o “sargentão” tem desenvolvido desde 2003. A todos os que o ainda apoiam espero bem, que para um melhor futuro da nossa selecção nacional, para que não sejamos continuamente humilhados por esse senhor, que Portugal tenha uma campanha decepcionante…Peço desculpa pelo meu radicalismo, mas não o aguento mais, e odeio tudo aquilo que ele representa!

Labels: ,

Adeus

Parece confirmar-se, Fabrizio Miccoli, vai mesmo abandonar o Benfica. O internacional italiano ,que apesar de todas as lesões que foi vitima ao longo da época, cativou desde o primeiro jogo os adeptos benfiquistas com a sua magnifica técnica e com os seus toques de génio como o passe para Simão em Barcelona.
O craque transalpino, autor de 6 golos em 16 jogos, sai do benfica devido " as elevadas quantias envolvidas no negócio com a Juventus, para além do próprio salário do atleta".
Não haveria nada a dizer se o negocio de Miccoli (5 milhões de euros mais um salário de 2 milhoes de euros por ano) fosse muito superior ao de Marcel(3,5 milhões de euros) ou de Robert (190 mil euros mês quantia superior aos 2 milhões ano).

Analisando estes factos, só me ocorre uma questão,porquê?Miccoli é um jogador de uma qualidade muito acima da média, bem superior quer a Marcel quer a Robert.Porquê?Fundamento estas duvidas em notícias de jornais desportivos ,que como todos sabem não são fidedignos, mas não posso deixar de pronunciar o meu descontentamento por ver a melhor contratação encarnada dos ultimos anos, partir, por mero capricho directivo.

Ficará para sempre na minha memória o jogo com o Barcelona, ou os golos contra liverpool e lille. Obrigado, por tudo Fabrizio!

Friday, May 12, 2006

Ultima Hora

Está confirmado, Marcel, já marca!A proeza foi alcançada, hoje, contra o poderoso costa do sol de Moçambique!Não osbtante de ter marcado um, o avançado brasileiro repetiu o feito e fez o gosto ao pé por mais uma vez!O show-de-bola, felicita já o jogador por este magnifico feito, que vem para já consagrar a carreira não do jogador mas sim do homem que tantas alegrias deu à nação benfiquista!








P.s. Só falta mesmo o beto conseguir fazer um passe e o robert jogar alguma coisa para o chalana ser beatificado...

Labels:

Thursday, May 11, 2006

My name is Mr. Felipão...

Guarda Redes:

Ricardo(Sporting)
Carlos Fernandes(Steua de Brucareste)
Pedro Roma(Académica)

Laterais:
Marco Caneira(Sporting)
Miguel( Valência)
Paulo Ferreira(chelsea)
Miguelito(nacional)

Centrais:
Ricardo Rocha(benfica)
Tonel (sporting)
F. Meira(estugarda)
Ricardo Carvalho(chelsea)

Médios Centro:

Deco( barcelona)
Tiago(lyon)
Petit(benfica)
M. Fernandes(benfica)
João Moutinho(sporting)

Alas:
Simão(benfica)
C. Ronaldo(man. untd)
Quaresma(porto)
Figo(inter de milão)

Avançados:
Nuno Gomes(benfica)
Pauleta(PSG)
J. Tomás(s.c.braga)
11 titular
Ricardo
Ferreira Meira Carvalho Miguel
Petit
Tiago Deco
Ronaldo Figo
Pauleta

Labels:

Monday, May 08, 2006

Cá por cima!


Está confirmado. Porque é que sempre acreditei? Os resultados falaram por si.
O ponto de ontem foi conquistado ao Marítimo. Estávamos no fim de uma época em que chegámos a ter tudo para acabar tranquilamente e numa posição aceitável. Mas andámos a mandar pontos ao ar na Amadora e noutros jogos, vendo-nos assim obrigados a viver minutos do mais intenso sofrimento e fazer contas terrivelmente desesperadas. Nunca esperei que o Marítimo viesse a Coimbra facilitar a vida a ninguém. Vieram procurar a vitória, lutando sempre pelos 3 pontos (destaque para Valnei, Filipe Oliveira e Marcinho). A Académica atacava sem fio condutor, lançava jogadas que perdiam vigor a partir do meio campo, proporcionando ao Marítimo contra ataques que podiam deitar tudo a perder. Joeano marca golo e, enquanto todos aplaudiam, eu não via motivo nenhum para fazer a festa, mostrando a minha raiva por ainda não estar a ganhar. E quando tudo parecia virado ao contrário, quando tudo parecia perdido e a virar-se contra nós (altura em que a naval marca) … eis que, na sequência de uma falta (eu estava lá em cima, não consegui ver se era ou não falta, mas quem viu de perto disse que houve uma falta limpa e outra mais duvidosa a impedir o perigoso ataque em curso), Joeano confirma porque é que é o jogador mais importante que esta época passou pela Briosa. Ainda bem que o Marcel se foi embora, só assim o Prof. Nelo conseguiu entender que Joeano é muito mais indicado que ele para o jogo da Académica. Joeano resolveu e, graças a ele, a Briosa comemora uma das mais sofridas manutenções de que há memória.
É notável que com uma equipa de onde se aproveitava Joeano (bem melhor que o otário do Marcel), Zé Castro (que mesmo assim “ainda tem muita relva para comer”), Roberto Brum e Filipe Teixeira (quando não se punha a inventar em cima dos defesas adversários), tenhamos conseguido a manutenção. É sabido que outros, com equipas bem melhores acabaram despromovidos. O que se passou pode também servir de lição para uma futura política de reformulação da época 2006/2007, para melhorar um futuro com base nos erros do passado. Faz sentido também mudar o técnico. Embora o Prof. Nelo tenha feito um grande trabalho (com muita coisa em que eu discordo), penso que esta é uma altura para repensar muita coisa e reformular com o máximo de calma e ponderação, quer isso implique ou não a sua saída.
O projecto pode ser um grande conjunto de medidas e alterações. Certo é que todas elas têm que visar a continuação de um projecto de aquisição de jogadores de qualidade e, principalmente pela aposta em jogadores de escola, evitando equipas de “cortadores de picanha”, que usam o respeitável emblema da Académica como passaporte para uma “Europa de vedetismos” que apenas existe na cabeça destes brasileiros sem consciência que apenas ambicionam protagonismo. Não digo que não haja brasileiros impecáveis no futebol, obviamente que sim; porém, casos como o de Marcel são exemplos intoleráveis da má formação e da forma como a mentalidade de alguns infelizes pode minar o seu próprio raciocínio como profissionais de futebol. Casos como este nunca mais poderão ser tolerados de novo! Vamos formar, vamos ponderar para poder ambicionar! De lamentar é também que a saída de Zé Castro (um jogador de futuro) não traga quase contrapartidas nenhumas a favor da Briosa. Já agora, felicito Vinha, Rui Miguel, Fausto, Ito, Sarmento, Piloto e os jogadores jovens "da casa", desejando-lhes todas as felicidades ao serviço da camisola negra, porque acho que é nestes talentos e nos que produzimos que se deve apostar!

Mais uma liga termina, este ano com o pertinente nome de Bet And Win… E a minha aposta foi a seguinte: Briosa na primeira! Esta foi a aposta que eu acompanhei. Raramente precisei da Sport TV, só falhei 5 jogos (a maioria deles fora), chegando a sair de Lisboa propositadamente muitas vezes. Não sei quantos Euros gastei, não sei quantos quilómetros percorri… Mas valeu a pena! Ganhei! É isso que me interessa. Fui um vencedor no estádio, sempre na bancada!

Muito obrigado aos que acreditaram comigo, que me encorajaram, que estiveram comigo nos estádios e nas viagens, foi uma época maravilhosa de grandes recordações. O futebol praticamente mandou na minha vida, houve alturas em que me fez mesmo mal à cabeça. Ninguém imagina o sofrimento que foi no domingo, nem sei como é que saí do ECC vivo. Sei que foi uma grande época e que, embora nem todos compreendam isto, é para mim cada vez mais um prazer seguir a Briosa pelo país e poc Coimbra e depois relatar por aqui umas coisas. Abraços



SE JOGASSES NO CÉU, MORRIA PARA TE VER

Depois de Domingo, vem a Segunda!


Gargalhadas, dei eu ao ver os pupilos do meu querido João Eusébio ser despromovidos. Gosto imenso de Vila do Conde e tenho uma boa ideia da massa associativa dos adeptos do Rio Ave. Agora, penso que pior que José Couceiro é certamente João Eusébio. Mas sobre este, já falei num texto atrás.

Já para os lados de Penafiel, questiono a mim mesmo, depois de um projecto falhado, que falcatruas andará António Oliveira a planear. Qual será a próxima vítima a ser arruinada? Tenho apenas uma certeza: o seu bolso e conta pessoal não serão de certeza.

Outro caso digno de uma fábula para crianças é o dos meus queridos de Guimarães. E todos sabem como eu gosto deles. Mesmo que quisesse, não podia deixar de esconder a minha alegria. Merecidíssima esta descida, uma vez que, com um plantel daqueles, vinha a obrigação de, no mínimo estar nos 6 primeiros. Má orientação, falta de coordenação nas jogadas e investimento em treinadores a quem eu, pelo menos não atribuo qualquer credibilidade é a única crítica construtiva que eu consigo fazer a esta equipa vítima de doença prolongada (talvez provocada pelo “abuso de pimenta” em tempos passados).

Depois vêm me com a história dos adeptos. Muito bonito, levam pessoas em grande número ao estádio, o que faz entrar imenso dinheiro. Encantados da vida. Quem me conhece, sabe que tenho toda a moral do mundo para criticar isto, porque sou bom adepto, que defendo acerrimamente o meu clube e o apoio de Norte a Sul (e nunca, nunca me senti sozinho, bem pelo contrário, fiz grandes amigos nestas andanças)!

Agora, que ninguém me venha dizer que é mentira que a grande maioria daquela gente provém das claques arruaceiras. A maioria daqueles adeptos não passam de uma cambada de arruaceiros e mal formados como eu nunca vi. São famosas as suas cerimónias de boas vindas, em que passam a tarde no viaduto da entrada da cidade à espera das camionetas com as equipas e também dos adeptos adversários, para de lá de cima mandarem pedregulhos e paralelos da estrada. Conheço jogadores e adeptos que chegaram a temer o pior logo ao chegar a Guimarães. São vândalos que brigam com tudo e todos, tão típicos destas cidadelas pequenas do Portugal mais atrasado, destes meios restritos e fechados, onde tudo o que entra de fora é corrido a mal. Quando, há dois anos entrei no mais bonito estádio do país, o de Braga deparei-me com vidros partidos, grades arrancadas, paredes pintadas, um cenário catastrófico num estádio lindíssimo. Ainda mais indignado fiquei, ao saber por um adepto bracarense que aquilo era “o que ainda não tinham conseguido reparar de há quinze dias atrás quando o Guimarães lá tinha ido jogar”. Os únicos termos que aquele povo conhece são ódio, pancada e alguns palavrões. Ninguém consegue esquecer o que aqueles delinquentes disseram após o incidente relacionado com o Inter da Boavista. Não sei como é que um clube pode ter más relações (digo más relações, relações de cego ódio), simultaneamente com o Braga, Boavista, Académica, Gil Vicente (sabe-se lá mais)…problemas de serem uma equipa de claques e não uma equipa de famílias (como a Académica, Belenenses, Braga…).

“Mas é saudável a rivalidade”… Eu não vou dizer que um jogo frente àqueles “espanhóis” não me empolga mais que qualquer outro. Claro que é bom festejar uma derrota do Guimarães. No entanto, nunca me hei de esquecer do que eles fizeram e do enorme conjunto de falcatruas (que hoje em dia já ninguém fala), associadas ao caso N’Dinga. No orgulho com que eles insultam o meu emblema e outros emblemas amigos (como é o caso do Braga, o agora rival que em tempos pactuou bem com os esquemas do sabujo do Pimenta). Com muito ressentimento deste povo que apenas segrega ódio, violência e insulto barato, penso que, sendo bom ou sendo mau para o futebol nacional (não vou por isso em questão, embora tenham claramente merecido a despromoção), dá-me a mim, bem como a muitos portugueses ver os “espanhóis” enterrar-se na cova que andaram a cavar. Meus amigos, é indiscutível que esta história pode ser contada a uma criança em tom de fábula, onde o prevaricador é devidamente castigado. Se sobem para o ano ou não, pouco me interessa, porque quando lá fui parar, fiquei lá muitos e muitos anos por causa de um dos (se não o) processos mais sujos do futebol português, que no papel principal tinha António Oliveira e Pimenta Machado, vigaristas do pior: apenas me contentava se estes dois fossem parar à prisão. Perguntem-me: “mas que culpa tem o VSC?”; Respondo: “Que culpa teve a Académica?”. Tiveram o que mereciam há quase vinte anos já…agora, tratem da vossa vida como entenderem. Não tenho pena nenhuma, nenhuma, nenhuma. Sinto até uma alegria pelas boas razões que acabei de apontar.

Já agora queria desejar ao SC Braga tudo de bom para as Europeias. Por falar em competições Europeias, muita gente que me diz que não devia estar contente por os “espanhóis” descerem, é bem capaz de apoiar o adversário do seu rival nas provas europeias (como eu também faço), por isso não me dêem lições de moral por favor (não me refiro a ninguém em particular).

Não deixem de visitar. Este site foi uma grande invenção.

Ah, já agora, vimaranenses estão à vontade para comentar o meu texto; só não adianta virem com ameaças de morte e por aí fora, porque, lá por na vossa terra não conhecerem a palavra civismo, não quer dizer que ela não exista.

Já agora, D. Afonso Henriques era um homem inteligente. Mesmo que tenha nascido em Guimarães, assim que ganhou pernas conquistou Coimbra, fundou-a e tornou-a a primeira capital, onde fixou residência e viveu até morrer, encontrando-se ainda hoje lá sepultado.

Lá por baixo...


Lá por baixo, as despromoções deram me tanto para me rir, como para me revoltar. Quero deixar aqui a minha desilusão e tristeza pela despromoção daquele que é quase um segundo clube para mim. Não sou homem de segundos clubes, mas tenho muita estima pelo Belenenses pela sua dignidade (apenas superada pela Briosa). Gosto imenso do Estádio do Restelo, tanto pela vista que tem para a cidade, como pelas boas memórias que tenho de quase todos os jogos que lá fui ver. Lembro-me de há uns anos ter visto este grupo ser despromovido e espero que rapidamente voltem a regressar ao escalão a que pertencem: a primeira liga! Pela sua postura, pela sua massa associativa, o Clube de Futebol “Os Belenenses” representa um grupo que tem que estar presente todos os anos, junto com a AAC, em desafios para o escalão máximo do Futebol Português.
Um treinador que muito tem deixado a desejar, uma autêntica peça de colecção, não chegou para rentabilizar o trabalho de Meyong, Paulo Sérgio, Marco Aurélio, etc…

Tudo isto tem origem numa conjuntura desfavorável aos homens da Cruz de Cristo. Uma derrota ingrata com o Gil Vicente, a equipa do anti-jogo, um justo merecedor da descida de divisão que quase nada fez digno de nela permanecer a não ser uma prática abusiva de “queima-tempo” em grande parte dos jogos.
Também a Naval não demonstrou ter equipa que merecesse a manutenção no escalão máximo do futebol português. Sérias fragilidades e uma consistência fraca no futebol praticado. Tenho pena desta equipa, já que sonha rivalizar com a AAC (a avaliar pelas atitudes e insultos dos adeptos). No entanto, tenho-os como uma equipa de concelho, um grupo humilde… respeito-os pela humildade que têm e não admitem. Tenho pena desta equipa de uma terra tão bonita. Mesmo com todo o ódio que os seus adeptos possam ter à Académica, eu espero que se vão mantendo na I Liga como conseguirem, mentalizados, no entanto, que nunca conseguirão rivalizar com a Académica por questões óbvias de dimensão institucional e de massa de apoio visíveis a qualquer um que consiga ver futebol. Daí, penso não valer a pena responder a quaisquer insulto daqueles adeptos, visto que apenas representam tentativas frustradas de iniciar uma rivalidade para a qual não têm qualquer capacidade.
O Paços de Ferreira este ano, parece ter empregue bem o dinheiro da indústria do móvel, pois, a par com o Estrela foram aqueles que no início dava como despromovidos e que acabaram (embora com sérias limitações), salvos da despromoção.
Não tenho dúvidas que Gil Vicente, Naval e Paços (nunca o Belém...) mereceriam bem mais a despromoção do que a Académica. Como todos eles se aguentaram, há que tratar de precaver o futuro!

100 vezes show-de-bola

Aproveito para vos anunciar que este é nada mais nada menos o centésimo post desta nobre casa, que semana a semana vos trás ,com grande sacríficio dos seus autores, as melhores crónicas desportivas do país...Caso a caso, jogada a jogada, os intervenientes do espetáculo, os dirigentes, os arbitros,os escândalos tudo que se passa no campo e fora dele passa no Show-de-bola!Fica a notícia dada, e fica também a promessa que continuaremos o trabalho com cada vez mais rigor e profissionalismo que sempre caracterizou este espaço! Um abraço especial para os nossos comentadores e leitores que fazem do show-de-bola um dos melhores foruns da blogosfera nacional e quiçá internacional. Grande abraço aos outros 2(3) contributors, Zé Band, Miguel e Zé Gonças(apesar de tudo obrigado pelo teu sui generis humor pouco dado a este blog, mas válá deu para fazer o número 100) que continuem a escrever apaixonadamente(e facciosamente) pela sua briosa!
Abraço, a gerência
P.s Fica também o nosso primeiro post da autoria do caro José Bandeirinha "Isto, meus amigos, é show de bola. Show de bola que prometemos exibir-lhes sem cessar arremessando provocações e elogios desmedidos na vida que embeleza o nosso jogo!"

I see you next season...or maybe not

Good luck, Mr. Koeman! Be happy, far far far away from here!

(para os menos entendidos na lingua britânica: Boa sorte,porquinho do caralho, vai e não voltes animal de merda!)

BRIOOOOOOOOOOOOOSA

Nestes últimos anos, Briosa é sinónimo de sofrimento até ao fim. E o jogo de ontem não seria um jogo "à la Briosa" se não se sofresse em quantidades industriais até ao último minuto. Bastava um ponto para os de negro assegurarem a almejada manutenção. Mas uma derrota e uma conjugação de resultados desfavorável atira-la-iam para a 2ª Liga.

Ao entrar em campo com 2 avançados, Joeano e o surpreendente Rui Miguel, Nelo Vingada apostava em matar o jogo cedo. Conseguir céleremente uma vantagem para depois a defender, com a dupla de centrais improvisada Ezequias - Zé Castro, com Andrade a fazer as dobras e, quiça, dobrar uma ou outra perna adversária.

Começou por cima, a Académica, tomando a iniciativa de ataque nos primeiros minutos do encontro, mas cedo esse controlo se evaporou, e o jogo ficou mau, muito mau de se ver. Muito jogo no meio campo, e pouco ou nenhum ataque concluiram a primeira parte, deixando os destinos da Briosa incertos.

Ao intervalo, pelas bancadas repletas do Cidade de Coimbra, conjecturavam-se possíveis combinações de resultados, mini-campeonatos múltiplos, sempre com um ouvido em Penafiel e outro em Barcelos.

Nos primeiros minutos da segunda parte, deu-se a tragédia. Após um lance de bola parada (como foi apanágio da Académica durante todo o ano) Zé Castro deixa fugir Van der Gaag que faz o 0-1 para os visitantes. Dez minutos volvidos e é o Apocalipse. Mais uma vez de bola parada, Marcinho aparece sozinho à frente de Pedro Roma e encosta. 0-2

Mas, subitamente, Joeano, pleno de oportunidade, ganha uma bola à defesa insular e, com toda a calma do mundo, reduz a vantagem dos maritimistas. Nem é preciso dizer que as mais de duas dezenas de milhar que se encontravam no estádio entraram em euforia. Metade do caminho estava andado.

De repente, nas bancadas, sussura-se o golo da Naval. Temeu-se o pior. Naquele momento estávamos na segunda. Olhares vazios encheram as bancadas até que, apenas alguns segundos depois, Hugo Alcântara (entretanto entrado para ponta de lança) sofre uma entrada que o árbitro pune (e bem!) com um penalty. Joeano é chamado a converter e, mesmo com o jogo psicológico infligido pelos visitantes, o melhor marcador da segunda volta encontra brio para converter o penalty e ressuscitar a Académica para a superliga. O estádio veio abaixo. Inacreditável a euforia que se viveu nas bancadas. Murros no ar, urros de alegria, abraços, beijos, cânticos... celebravam o golo de Joeano.

Até ao fim do jogo foi um sofrimento constante. Mesmo controlando o jogo, A Briosa lá deixava escapar um ou dois ataques do Marítimo, pondo o público a tremer. A última jogada, um livre directo a favor dos da Madeira, que teve que ser repetido (depois da expulsão de Joeano, que saíu debaixo de uma "standing ovation," como dizia o meu amigo JR) , pôs em pé todo o estádio à espera para fazer a festa, mas receoso do destino da bola. Acabou na barreira. A Académica do Coimbra tinha assegurado a manutenção mais uma vez, na última jornada, nos últimos minutos, em fim, um final realmente Brioso. De outra maneira não poderia ser, ou não seria esta a Académica que me faz vibrar!

Sunday, May 07, 2006

De luto....ou nem por isso

o futebol português está de luto com a descida do Guimarães e do Belenenses e com a salvação do estrela, paços e naval. Só faltava mesmo a briosa descer para este cenário ser ainda mais negro para a nossa liga. Numa era em que se precisa de gente dos estádio, que se precisa de bom futebol, quem se mantém consecutivamente na liga são clubes cujos os quadros não são minimamente profissionais e se vão aguentando graças a muita vigarice e maltrapilhagem!

De saudar o magnifico ambiente que se viveu hoje em Coimbra, com mais de 25 mil pessoas a gritar pela académica!Num jogo quase fernético os estudantes conseguiram o empate pelo inevitável Joeano que com 2 golos coroou uma época em cheio, 13 tentos e a melhor média de golos por jogo fazem do ponta de lança brasileiro o melhor marcador da segunda volta, brilhante! Um ambiente à inglesa, mesmo incrível, com o público a aplaudir a equipa mesmo quando se vislumbrava uma descida de divisão.

Sobre o Benfica, não vi o jogo mas posso afirmar que esta derrota é humilhante e vem confirmar as nossas suspeitas sobre a competência de Ronald Koeman. Não há comentários possíveis a fazer.

Saturday, May 06, 2006

O homem que ensinou João Pinto a dar murros


Ricardo Manuel da Silva Sá Pinto, nascido em 1972, no Porto, é, hoje, um símbolo do Sporting. O jogador vulgarmente conhecido pelo nome de Sá Pinto, começou a carreira profissional na época de 1992/93 com apenas 19 anos, pelo Salgueiros, clube da sua terra natal que nesse ano se qualificou para a taça UEFA. Na época de 1994/95, foi transferido para o Sporting, depois de ter marcado 11 golos na sua segunda época ao serviço do Salgueiros. Depois de ter ganho lugar na equipa principal, ganhou uma taça e uma supertaça, ambas ao serviço do Sporting.
Em 1994, Sá Pinto faz a sua estreia na selecção nacional, frente à Irlanda do Norte. Em 1997, ao serviço da selecção cometeu o acto que lhe deu alguma (má) fama, ao ter agredido o então seleccionador nacional Artur Jorge. Este comportamento valeu-lhe uma suspensão de um ano de todas as competições, incluindo selecção e clubes.
Nesse mesmo ano transferiu-se para a Real Sociedad de Espanha, tendo-se estreado (com um golo) apenas um ano mais tarde, fruto do castigo. Permaneceu em Espanha até à temporada de 1999/00 voltando então para Portugal integrando o plantel do campeão nacional em título Sporting.
A sua carreira na selecção continuou e teve participações no Euro 2000 (meias-finais) e no Mundial 2002 (1ª fase).
No Sporting, Sá Pinto conquistou ao todo duas taças, um campeonato e duas supertaças.
Retira-se definitivamente do futebol no fim da presente temporada (amanhã), mas está impedido de jogar devido a uma expulsão há duas semanas.

Sá Pinto termina assim a sua carreira à imagem do que ela foi, com duas expulsões seguidas, mostrando o porquê de os adeptos lhe chamarem Ricardo Coração de Leão. Estas expulsões são, assim a melhor maneira de prestar homenagem a este jogador de sangue quente, explosivo e, muitas vezes, exagerado que muitos acham sobrevalorizado, mas que ao longo da sua carreira foi dos mais emblemáticos jogadores a envergar a camisola do Leão.

Bancada Central


Boa noite, queria deixar, em primeiro lugar, um abraço aos srs. oubintes! Um passoubem, sr. Fernando Correira, e já agora aproveito para lhe felicitar sobre o seu programa!

Bem, queria dizer que sou ouvinte regular do programa há mais de 7 anos mas só hoje tive a oportunidade de lhe ligar. Ora bem...eu primeiro quero falar do Guimarães, que com muita pena minha, eu sou de moreira de conegos tá a ver?Desceu para a segunda divisão. Temos que ber, ber que o Vitória tinha das melhores equipas da liga mas todavia os infortunios do destino fizeram com que agora estejam na segunda divisão! Penso que o presidente deve apresentar a sua demissão porque esta classificação é uma vergonha! Sobre o Kuman só tenho a dizer que esse senhor não é serio e está desesperado com os maus jogadores que têm! Ao dizer mal do liedson é só estar a brincar com a seriedade de quem trabalha honestamente 6 vezes por semana paga impostos e ainda honra o bom nosso futebol lá no estrangeiros. O LFV devia ter vergonha, pá, porque este ano o lebezinho já resolveu por 3 vezes é por isso que é vulgar se fosse o zero do Micóli ou o raparigo do Nuno Gomes já eram os melhores do mundo!Isso não são mais do que os "fumos de marraquesch" ,entre comas, que prejudicam o nosso bom nome. Cá pra mim este ano o Benfica, nem com as ajudas externas ao jogo, falo da Apaf da liga e das demais instituições que insistem em lebar os passarócos ao titulo. Já por teremn ficado em terceiro já fico contente!
Não me vou alongar, mais voltarei, a ligar se deus quiser, num próximo programa. Caro fernando correia, caros ouvintes um abraço!

Labels:

Porquê?


Allianz Arena palco da final, e uma verdadeira obra de arte


Agora que a época finda todos os amantes do futebol espétaculo ficam com a a triste nostalgia de mais um campeonato competitivo e atraente em que todos investem uma parte significa do seu tempo mas também das suas emoções. Todos pensam ,resignados,que para o ano há mais e ao mesmo tempo fica-se com aquela sensação incomoda de vazio
O melhor, porém, ainda está para vir! Em ano de mundial podemos contar com uma "copa" emotiva, e bem jogada onde os principais candidatos: Alemanha, Brasil, Holanda, Inglaterra, Argentina, França, Itália e talvez Portugal se irão defrontar num clima de festa e fraternidade(esperamos nós) sob solo alemão.
O âmbago da questão prende-se no facto de eu não poder acompanhar o mundial como deve ser já que tenho exames nacionais na mesma altura. Acho que é mais do que razão para me sentir desolado porque desde o euro 96(lembram-se do golo do Poborsky) que fiquei com um profundo fascínio por este tipo de competições.
Saudações!

P.S Os meus pesames ao Guimarães que 86 anos de história e 60 presenças no principal escalão do futebol português está na segunda divisão, para mal dos pecados dos jogadores que tiveram ser evacuados de casa! Penso, sinceramente, que a nossa liga só perde com a descida dos vimaranenses e com a subida de por exemplo o Aves!Ah, e neste momento estou a rezar pelos adjuntos do Koeman, espero que tudo lhe corra bem! longe daqui!Abraço

Labels:

Wednesday, May 03, 2006

Belo!

"As vitórias com o Manchester e o liverpool não foram mais que andorinhas que não foram o suficiente para desapontar a primavera no clube da luz"
in a bola
A vertente lirica chegou ao futebol, o show-de-bola têm o prazer de apresentar o primeiro concurso lirico sobre o desporto rei. Todos os candidatos devem deixar os seus trabalhos poéticos referente a alguém do mundo futebolistico até 22 de maio de 2006. O vencedor ganhará uma caderneta da panini , 25 carteirinhas de cromos, uma bola autografada por alguns craques do momento e ainda fica habilitado a ter um curso de treinador de segundo nível orientado pelo mestre D. Coimbra. Participem já e pode ser que um dia, escrevam coisas tão bonitas como a frase acima transcrita e talvez consigam chegar à rtp para comentar ao lado desse colosso, Gabriel Alves.
"A vantagem de se ter duas pernas"
"Portugal não está a jogar nem mal, antes pelo contrário e vice-versa"
"... é um jogador polivalente na defesa, que tanto joga a central como a central de marcação."
"vejam como paulinho santos não deixa sá pinto penetrar"
"no campeonato germânico jogam muitos alemães"
"a televisão registou o tapete verde conforme à pratica do futebol num dia colorido com a festa da taça de Portugal"
"abitros de classe precisam-se , os futebolistas de classe esses são o grande chamariz do jogo"
Gabriel Alves, in a sua ode triunfal

Labels: ,

Monday, May 01, 2006

I "bet" you look good....

Estamos no fim! E para celebrar o fim da nossa estimada Liga Betandwin, irei apresentar o dream team da época, as revelações, as desilusões, os casos em suma resumirei em breves e inuteis aquilo que deliciou milhões durante 8 meses.

Dream Team da liga:Apostaria num 4-3-3 ou num 4-5-1 se preferirem

Guarda redes: Helton, sem dúvida nenhuma o melhor guardião da liga
Defesa Direito: Abel, tive muitas duvidas em qual escolher, Alcides ou Nelson seriam também boas escolhas mas nenhum deles teve a regularidade do lateral sportinguista
Defesa Esquerdo: Léo, ponto final
Centrais: Luisão e Pepe, força fisica e boa leitura de jogo carecterizam estes dois belissimos jogadores
Médios Centro: Lucho, Manuel Fernandes e Moutinho, Palavras para quê?
Avançado Esquerdo: Simão Sabrosa, uns furos a baixo daquilo que nos habituou mas mesmo assim justifica a entrada directa neste onze.
Avançado Direito: Ricardo Quaresma, um génio!
Avançado Centro: Fabrizio Miccoli, desculpem-me mas não o consigo deixar de integrar neste 11!

Suplentes:
Ricardo
Rossato
Caneira
Anderson
Madrid
Meyong
Liedson
Treinador: Co Adrianse, um treinador campeão, nada a apontar tirando algumas tácticas quase suicidas que resultaram em...pleno!


Menções Honrosas:
Alcides Eduardo, grande grande jogador!
Vicent Gregory, o Central goleador do gil merece bem mais que a turma de barcelos, possante é sinal de estabilidade defensiva!
Bruno Tiago, saltou a vista dos grandes com boas exibições e grandes golos, um jogador a ter em atenção!
Filipe Teixeira, praticamente desconhecido em portugal o luso-francês mostrou o porquê de tantos anos no PSG!
Saganowski, as unicas coisas de bom que se passaram em guimarães passaram pelos pés do polaco que em principio estará na alemanha!
Paulo Jorge, revelação boavisteira de 2006
Miguelito, não é propriamente uma revelação mas confirmou as suspeitas, é mesmo um bom jogador.
João Tomás, sempre oportuno e com um faro para o golo fora de comum para um português!
Nuno Gomes, uma época impecável para alguém que há muito deixara de ter o carinho da massa associativa benfiquista
Paulo Assunção, um esteio essencial no meio campo do campeão!
Joeano, que seria a briosa sem ele?
João Pinto, os anos passam a classe mantém-se, o boavista dependeu muito do seu génio para a boa campanha que realizou.
André Pinto, um inicio prometedor foi se esfumando ao longo do campeonato, mesmo assim 14 golos, nada mau mesmo
Adriano, importantissimo para o vigésimo primeiro titulo azul e branco
Wenio, motor dos insulares uma autentico tanque


Já chega,para já ficam os melhores de 2005/2006,se por ventura me esqueci de alguem que merece uma nota neste post força!

Lanço o repto a todos os leitores e contributors para fazerem o vosso onze e afins!Sei que muitos teram opiniões divergentes da minha!

Labels: